Graviola engorda ou emagrece? Descubra aqui!

A graviola é uma fruta originária das Antilhas, na América Central. As folhas da árvore são tradicionalmente utilizadas na região para tratamento natural de catarro. A árvore da graviola tornou-se subespontânea na região amazônica brasileira.

Esta fruta gera grande polêmica, em especial pelos boatos de que seu consumo pode auxiliar no tratamento de câncer. Atualmente, existe uma quantidade significativa de boatos alegando que a fruta possui efeito emagrecedor. Em contrapartida, uma parcela importante de informações alega que a fruta, na verdade, engorda.

O consumo da graviola engorda, emagrece ou não gera nenhum efeito na balança de seus consumidores? Descubra aqui. Boa leitura!

Graviola – Que fruta é essa?

A graviola é encontrado em estado silvestre na América Central e na região amazônica do Brasil, onde sua árvore está presente. As folhas desta árvore são utilizadas no Peru como uma alternativa medicinal natural para tratamento do excesso de catarro, em especial entre as crianças em períodos de gripe. As folhas, raízes e sementes da árvore costumam ser utilizadas para tratamento de diabetes.

Graviola e suco de graviola

Graviola e suco de graviola

Além de graviola, a fruta – e árvore – também são conhecidas ao redor do mundo como:

  • Araticum
  • Araticum de comer
  • Araticum do grande
  • Araticum manso
  • Jaca
  • Jaca de pobre
  • Jaca do Pará
  • Jaqueira mole
  • Jacama
  • Coração
  • Coração de rainha

A árvore de graviola é encontrada em quase todas as florestas tropicais da região, com folhas verdes, brilhantes e flores amareladas, grandes e isoladas que costumam nascer no tronco e nos ramos.

O fruto da árvore, também chamado de graviola, têm forma ovalada, casca verde e são grandes. No geral, uma fruta de graviola pode pesar desde 800 gramas até cerca de 8kg. Um dos sucessos da fruta de graviola entre seus adeptos é o fato do fruto dar o ano todo, o que facilita seu consumo.

A graviola engorda ou emagrece?

O consumo de graviola auxilia no processo de emagrecimento saudável. Isso ocorre por dois motivos principais:

  • Saciedade
  • Baixo volume de calorias

Fonte de fibras, a fruta de graviola promove rapidamente a sensação de saciedade. Com isso, é possível controlar o apetite com mais facilidade e, consequentemente, consumir menos calorias durante as refeições. Além disso, a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos demonstra que a fruta possui apenas 62 calorias a cada 100 gramas. Em outras palavras, aqueles que optarem por consumir uma porção desta fruta entre as refeições estarão ingerindo uma quantidade muito menor de calorias, quando comparados aqueles que permanecerem consumindo a mesma porção de:

  • Aveia e flocos: 394 calorias
  • Biscoito doce sem recheio: 443 calorias
  • Bolo pronto: 410 calorias
  • Pão integral: 253 calorias
  • Pipoca: 448 calorias
  • Pão de queijo: 363 calorias
  • Banana: 128 calorias
  • Açaí: 110 calorias
  • Hambúrguer bovino: 258 calorias
  • Leite desnatado: 362 calorias
  • Chocolate ao leite: 540 calorias

Com o consumo menor de calorias e a sensação de saciedade mais rápida, a graviola é uma aliada importante para aqueles que desejam emagrecer de forma natural e sem colocar sua saúde em risco com suplementos e fórmulas industrializadas.

Benefícios da graviola

Com sabor agridoce e delicada, a graviola é comumente confundida com a abóbora. O óleo da graviola pode ser utilizado para produção de cremes e bálsamos para aliviar problemas de pele, como coceira e eczema. A fruta possui propriedade bactericida, adstringente, hipotensora, antioxidante, anti-inflamatória e sedativa. Além disso, a fruta é rica em:

  • Fibras
  • Potássio
  • Proteínas
  • Cálcio
  • Ferro
  • Magnésio
  • Vitamina A
  • Vitamina B6
  • Vitamina C
  • Triptfano

Com todas estas características a seu favor, a graviola é uma das opções mais interessantes para aqueles que desejam emagrecer e cuidar da saúde ao mesmo tempo. De modo geral, a fruta está inserida na culinária nacional através de sucos e sorvetes. Entretanto, estudos demonstram que o consumo da fruta fresca potencializa seus benefícios. Veja aqui os principais benefícios fornecidos pela graviola:

Graviola e suco de graviola

Graviola e suco de graviola

  • Tratamento de:
    • Asma
    • Calafrio
    • Febre
    • Conduto
    • Insônia
    • Nervosismo
    • Reumatismo
    • Doenças de pele
    • Coceira
    • Eczema
    • Psoríase
    • Artrite
    • Infecção urinária
    • Depressão
    • Ansiedade
    • Pressão alta
  • Prevenção de:
    • Envelhecimento precoce
    • Diabetes
  • Combate:
    • Acne
    • Inchaço
    • Dor nas articulações
  • Regulação de:
    • Intestino
    • Ritmo cardíaco
    • Circulação sanguínea

Além disso, alguns estudos demonstram que o consumo regular de graviola auxilia no fortalecimento dos ossos. Nesse sentido, essa fruta é uma aliada muito interessante para crianças em fase de desenvolvimento.

Alguns estudos analisam os efeitos do consumo de graviola para o tratamento de alguns tipos de câncer. Apesar da polêmica sobre o assunto, os resultados são bastante variados e não existe consenso científico sobre o tema.

Contraindicações

Veja quem não deve consumir graviola:

  • Gestantes
  • Lactantes
  • Pacientes com caxumba
  • Pacientes com inflamação
  • Pacientes com afta ou feridas na boca
  • Pacientes com pressão arterial baixa

Já conhecia esta fruta? Deixe um comentário e divulgue as dicas

Comentários
  1. Tércia

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *